CM Mangualde

Rede Cultural Alto Mondego junta 4 Municípios para dinamizar o Património Cultural da Região


RedeCulturalAltoMondego01

Os municípios de Mangualde, Nelas, Fornos de Algodres e Gouveia juntaram-se para criar a “Rede Cultural Alto Mondego”, um projeto que vai dinamizar o património cultural dos quatro municípios de forma integrada. O Presidente da Câmara de Mangualde, João Azevedo, em conjunto com José Borges da Silva, Presidente da Câmara de Nelas, Luís Marques, Presidente da Câmara de Gouveia, e António Fonseca, Presidente da Câmara de Fornos de Algodres, assinou o protocolo de colaboração no passado dia 28 de julho.

A Rede Cultural Alto Mondego tem como objetivo promover o desenvolvimento local e regional, e a dinamização do património cultural dos municípios. O programa vai focar-se na animação das cidades e vilas, especificamente nos centros históricos, e vai visar a promoção da identidade, comunidade e cultura de cada região.

A iniciativa intermunicipal, que prevê o desenvolvimento de programação cultural nos quatro municípios durante os próximos 3 anos, representa um investimento de cerca de 412 mil euros, e é financiado por fundos comunitários do Programa Operacional Centro 2020 e do FEDER.

Para o Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo, o território do Alto Mondego “tem uma magia que vai ter que ser vendida nos próximos anos de uma forma muito clara”. Segundo o autarca mangualdense, “não estamos aqui a fazer novas formas de regionalização ou descentralização, estamos sim a aproveitar as janelas de oportunidade para criarmos um território mais forte”.

O projeto foi já estruturado em quatro ações: a iniciativa música “Mundos Cruzados”, a iniciativa dança “Beirão”, a iniciativa teatro-musical “Alto” e a iniciativa transversal “Animação do Mondego Rede Cultural”. A elaboração da programação cultural irá ainda contar com a participação de várias entidades culturais da região e do país.