CM Mangualde

“Dê troco a quem precisa” para a Emergência ABEM: COVID-19 nas farmácias aderentes do Distrito de Viseu


Recolha de donativos nas farmácias para apoiar portugueses mais vulneráveis devido à pandemia

– 21 a 29 de junho –

 

Pelo quinto ano consecutivo, a Associação Dignitude vai dinamizar a campanha de angariação de fundos “Dê Troco a Quem Precisa”, que irá decorrer nas farmácias aderentes do Distrito de Viseu entre 21 e 29 de junho.

A iniciativa convida os portugueses a doar o troco das compras realizadas nas farmácias à Emergência abem: COVID-19, para ajudar as pessoas mais vulneráveis devido à pandemia. Os donativos recolhidos serão integralmente aplicados no acesso a medicamentos, produtos e serviços de saúde para quem mais precisa.

A Emergência abem: COVID-19 foi lançada em março de 2020 e já presta apoio a mais de 1.400 portugueses referenciados por entidades parceiras locais, de que fazem parte Câmaras Municipais, Juntas de Freguesia, Instituições Particulares de Solidariedade Social, Cáritas e Misericórdias.

Maria José Coelho, Vereadora da Ação Social da Câmara Municipal de Mangualde, refere: «A pandemia teve um impacto sem precedentes na vida das pessoas ultrapassando as consequências sanitárias. As medidas de contenção e o Estado de Emergência que atravessámos tiveram um forte impacto nas vivências das pessoas e criaram fortes desigualdades, sobretudo daquelas que se encontram já numa situação vulnerável. O Programa abem: em parceria com o município ajudou a minimizar essas diferenças na área da saúde.  O trabalho em rede é um dos princípios e vetores estratégicos de atuação da atividade da Câmara Municipal de Mangualde. Partimos desta ideia fundamental para criar a sinergia com a Associação Dignitude, estabelecendo-se assim, a parceria que ajudou significativamente a promoção da qualidade de vida e o bem-estar da comunidade e o bem comum.»

«Este é um tempo de união, de demonstrarmos que a solidariedade vence o medo e a incerteza. As Farmácias aderentes do distrito de Viseu estão a ajudar a Dignitude a levar saúde a quem mais precisa ao participarem na Campanha Dê Troco a Quem Precisa», conta Augusto Meneses, farmacêutico.

Além da campanha que irá decorrer nas farmácias aderentes entre 21 e 29 de junho, é ainda possível apoiar esta iniciativa através de:

– Transferência bancária para o IBAN: PT50 0036 0000 9910 5930 0855 9

– Via MBWAY: 932 440 068

Os doadores podem enviar comprovativo de transferência, nome e NIF para geral@dignitude.org, para que lhes seja enviado o recibo de donativo.

Esta é uma iniciativa apoiada pela Portugal Inovação Social, através de Fundos da União Europeia.

Farmácias Dê Troco a Quem Precisa – Distrito de Viseu

Farmácia Concelho
Farmácia Batista Ramalho Armamar
Farmácia Faure Nelas
Farmácia Marques Viseu
Farmácia Moderna Viseu
Farmácia Portugal Viseu
Farmácia Silveira Penalva do Castelo
Farmácia Tavares São João da Pesqueira

Sobre a Associação Dignitude:
A Associação Dignitude nasceu no dia 4 de novembro de 2015, em Coimbra, onde está sedeada. É uma instituição particular de solidariedade social que tem por missão o desenvolvimento de programas solidários de grande impacto social, que promovam a qualidade de vida e o bem-estar dos portugueses. O abem: Rede Solidária do Medicamento é o primeiro Programa promovido pela Associação Dignitude.

São Associados Promotores a Cáritas Portuguesa, a Plataforma Saúde em Diálogo, a Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica e a Associação Nacional das Farmácias. Através de protocolos institucionais, juntaram-se ao projeto a Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade, a União das Misericórdias Portuguesas, a Associação de Farmácias de Portugal e a Associação Nacional de Municípios Portugueses.

Foram Associados Fundadores da Dignitude: António Arnaut; António Ramalho Eanes; Francisco Carvalho Guerra; João Gonçalves da Silveira; João Cordeiro; Maria de Belém Roseira; Odette Santos Ferreira.

Sobre o Programa abem: Rede Solidária do Medicamento
O Programa abem: Rede Solidária do Medicamento é um projeto inovador, lançado pela Associação Dignitude. Tem como objetivo permitir o acesso, de forma digna, aos medicamentos prescritos a quem não tem capacidade financeira para os adquirir, cobrindo, no receituário, o valor não comparticipado pelo Estado.

O abem: está presente em todos os distritos do país e regiões autónomas. Assenta numa rede de parcerias que assegura o circuito solidário do medicamento. Qualquer pessoa em situação de carência pode ser referenciada ao Programa pelas entidades locais, que vão desde Juntas de Freguesia e Câmaras Municipais, a IPSS e outras instituições da área social. Depois de referenciado, o beneficiário tem acesso ao Cartão abem: bastando apresentá-lo numa farmácia abem: para poder adquirir os medicamentos comparticipados que lhe forem receitados. A despesa realizada é coberta pelo Fundo Solidário, 100% dedicado à co comparticipação de medicamentos dentro do Programa, alimentado por uma campanha permanente de angariação de fundos.

A nível nacional, o Programa já apoiou 22.146 beneficiários de 12.495 famílias, dos quais 13% são crianças. Já foram adquiridas, ao abrigo do abem: 1.060.500 embalagens de medicamentos desde o seu início, em maio de 2016*.

A avaliação de Impacto social do projeto, segundo a metodologia SROI – Retorno Social do investimento – revela que o Programa gerou nos dois primeiros anos um retorno social de 6,9 milhões de euros, mostrando que cada euro investido teve um impacto social valorizado em 7,8 euros.

* Dados referentes ao mês de maio de 2021

Sobre o Emergência abem: COVID-19
A Emergência abem: COVID-19 é uma iniciativa desenvolvida pela Associação Dignitude desde março de 2020 para apoiar as famílias que ficaram mais vulneráveis em consequência da pandemia COVID-19. Com o apoio de 47 entidades parceiras locais já ajudámos 1.472 portugueses no acesso aos medicamentos, produtos e serviços de saúde*. Apoiámos ainda 14.804 entregas de medicação hospitalar em casa ou numa farmácia próxima do domicílio dos beneficiários, através da articulação com 33 hospitais e 2.906 farmácias*.

No final do ano passo, a Emergência abem: COVID-19 garantiu também a vacinação contra gripe a um dos principais grupos de risco para a COVID-19. Deste modo, os cidadãos com 65 ou mais anos puderam vacinar-se gratuitamente numa Farmácia da sua preferência, à semelhança do que acontece nos centros de saúde, tendo sido garantidas cerca de 200.000 administrações de vacinas contra a gripe sazonal*.

* Dados referentes ao mês de maio de 2021

DOWNLOADS





Mais Notícias

  • 13 Julho, 2016

    Discências 3: EXPOSIÇÃO DE PINTURA U - Ler mais

  • 13 Julho, 2016

    Chefe Valdemar Onofre ensinou Doçaria - Ler mais

  • 13 Julho, 2016

    “Durma bem, sinta-se melhor”: Mang - Ler mais

  • 12 Julho, 2016

    Ministra da Presidência e da Moderniza - Ler mais

  • 11 Julho, 2016

    Mangualde inaugura Forno Comunitário e - Ler mais

  • 11 Julho, 2016

    Exposição de Miniaturas de Viaturas d - Ler mais

  • 11 Julho, 2016

    «Arraial Sénior» assinala Dia dos Av - Ler mais

  • 8 Julho, 2016

    Mangualdense Miguel Monteiro campeão d - Ler mais

  • 8 Julho, 2016

    Mangualde estabelece protocolo para pre - Ler mais

  • 7 Julho, 2016

    Toponímia e Numeração de Polícia em - Ler mais

  • 6 Julho, 2016

    Melhoria na Rede de Saneamento: Mangual - Ler mais

  • 5 Julho, 2016

    Bombeiros Voluntários de Mangualde cel - Ler mais

  • 4 Julho, 2016

    Mangualde comemorou 30 Anos de elevaç - Ler mais

  • 4 Julho, 2016

    Investimento no Parque Escolar - Ler mais

  • 4 Julho, 2016

    Município de Mangualde compensado com - Ler mais