CM Mangualde

Entrega de Dispositivos de Teleassistência


Junto dos Munícipes Identificados como estando em Situação de Dependência, Isolamento e sem Apoio Familiar.

 

No âmbito do protocolo celebrado entre o Município de Mangualde e a Guarda Nacional Republicana (GNR) para a implementação do Projeto “EGuard – Sistema de teleassistência a idosos”, a Vereadora da Ação Social, Maria José Coelho,  juntamente com os militares da Seção de Prevenção Criminal e Policiamento Comunitário do Destacamento da GNR de Mangualde, Cabo Chefe José Lopes e Cabo Figueiredo, procedeu à entrega dos dispositivos de teleassistência aos munícipes identificados como estando em situação de dependência, isolamento e sem apoio familiar.

Este equipamento visa proporcionar aos idosos um apoio incondicional no âmbito da segurança, pois permite a monitorização e acionamento de meios de socorro através de uma chamada para a Sala de Situação da GNR, bastando para tal premir o botão de SOS, ou em caso de queda/acidente o acionamento automático e imediato. As despesas com a implementação e manutenção deste Projeto são assumidas pelo Município, nomeadamente as decorrentes da aquisição dos dispositivos, a atualização/manutenção da Plataforma “EGuard” e as respetivas comunicações.

Maria José Coelho congratulou-se com a chegada deste projeto ao concelho, destacando “a excelente articulação e efetividade da parceria com a Guarda Nacional Republicana, bem como o sentimento transmitido pelas pessoas recetoras do equipamento, de grande alegria, felicidade e perceção de segurança”.

E-GUARD
O Projeto “EGuard” é um projeto inovador que irá combater o isolamento e a capacitação da população sénior, através da criação de respostas integradas, sobretudo nas componentes fundamentais da saúde e segurança que visa apostar na proximidade ao cidadão e na cooperação e articulação institucional.

O equipamento associado ao sistema “EGuard” trata-se de um objeto do tamanho de um comando de portão, com apenas um botão que, quando premido durante mais de 3 segundos aciona uma chamada SOS para a GNR. Este dispositivo poderá ser utilizado caso o idoso presencie ou seja vítima de crime ou de uma situação de perigo ou, no caso, por exemplo, de doença súbita e/ou queda. O utente fica na posse de um equipamento, que pode usar ao pescoço, e que permite comunicar de forma bidirecional, definir um perímetro de segurança e alertar em caso de imobilidade. A sala de situação da GNR recebe os alertas e aciona os meios de socorro. Se os aparelhos se mantiverem inativos por mais de 12 horas, os militares tomam a iniciativa de contactar os idosos sinalizados.





Mais Notícias

  • 21 Junho, 2022

    Inauguração do Relvado Sintético do - Ler mais

  • 20 Junho, 2022

    Mangualde celebrou 150º Aniversário d - Ler mais

  • 20 Junho, 2022

    Festival de Encerramento da Escola Muni - Ler mais

  • 17 Junho, 2022

    Orçamento Participativo Jovem de Mangu - Ler mais

  • 15 Junho, 2022

    Gabinete de Apoio ao Agricultor de Mang - Ler mais

  • 14 Junho, 2022

    Mangualde tem Novo Centro Local de Apoi - Ler mais

  • 13 Junho, 2022

    “Noites COMBI” passam por Mangualde - Ler mais

  • 13 Junho, 2022

    Apresentação do Livro Infantojuvenil - Ler mais

  • 9 Junho, 2022

    Mangualde promove Conferência “Mulhe - Ler mais

  • 9 Junho, 2022

    II ACADEMI@ STEM de Verão | De 27 de j - Ler mais

  • 8 Junho, 2022

    Terceira Edição da Campanha “Apoie - Ler mais

  • 8 Junho, 2022

    Câmara celebra Protocolo de Cooperaç - Ler mais

  • 8 Junho, 2022

    Mangualde terá novo Centro Local de Ap - Ler mais

  • 7 Junho, 2022

    Mangualde celebra 150º Aniversário de - Ler mais

  • 6 Junho, 2022

    Milhares de Crianças celebraram o Dia - Ler mais