CM Mangualde

NOVO INVESTIMENTO EM MANGUALDE


14 MILHÕES DE EUROS.
50 POSTOS DE TRABALHO NO INÍCIO, COM PERSPETIVA DE EVOLUÇÃO ATÉ 150 COLABORADORES NOS ANOS SEGUINTES.

 

Fazendo valer as suas vantagens competitivas em termos de localização industrial, o concelho de Mangualde logrou alcançar um novo investimento. A empresa já abriu sede em Chãs de Tavares e ficará instalada ao lado do Pavilhão da Junta de Freguesia, ao longo da A25, em cerca de 50.000 m2, já adquiridos pela Junta de Freguesia com o apoio da Câmara Municipal. A empresa prevê iniciar o investimento de 14 milhões de euros em dezembro21/janeiro22 e iniciar a produção um ano depois, em dez22/ jan23. Iniciará a atividade com cerca de 50 colaboradores, 30 dos quais com formação superior, e perspetiva um crescimento ao longo do tempo até 150 funcionários.

“A angariação deste projeto é o resultado de uma impecável colaboração entre a Câmara Municipal, a Junta de Freguesia e os promotores do investimento, e vem premiar uma aturada, discreta e eficaz diplomacia económica. É também um enorme contributo para o desenvolvimento, a coesão e o povoamento ativo do nosso território, gerando emprego qualificado, fundamental para atrair e fixar jovens”, afirmou o Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, Elísio Oliveira.

FORTES UNIDADES DE INVESTIGAÇÃO E DESENVOLVIMENTO
A proximidade à A25 e ao respetivo nó de acesso, conjugado com terreno disponível a preço competitivo são fatores portadores de grande potencial de investimento. Também a proximidade de dois Pólos de Ensino Superior, em Viseu e Guarda, se afirmaram como uma mais-valia para este projeto. O projeto desta unidade fabril nasce da grande necessidade de pesquisa e desenvolvimento de novas matérias-primas e componentes, derivado da grave crise que vivemos com o fornecimento dos mesmos de uma forma generalizada, por todo o mundo. Esta unidade fabril está assente num grupo de três empresas, com operação de exportação para países fora da Europa e com necessidade de apoio na produção para exportação para esses mercados. Esta empresa, que terá um elevado nível tecnológico, assentará na produção de matérias-primas como poliuretanos (espumas), fibras sintéticas e componentes de molas (para automóveis e mobiliário), essenciais para o mercado destes operadores e visam na sua totalidade a continuidade na exportação e criação de novos mercados, sendo o principal os Estados Unidos. A criação de fortes unidades de investigação e desenvolvimento é condição obrigatória deste projeto, com vista ao desenvolvimento de novas e diferenciadas matérias-primas para os mercados destes operadores. A proximidade destes Pólos Universitários garante qualidade e quantidade nos recursos humanos, apoiados em quadros médios e superiores de garantida qualificação.





Mais Notícias

  • 24 Junho, 2016

    Mangualde acolheu 7º Aniversário do C - Ler mais

  • 23 Junho, 2016

    Processo de Certificação do Bordado d - Ler mais

  • 22 Junho, 2016

    Mangualde volta a lançar o desafio: Go - Ler mais

  • 22 Junho, 2016

    Autarquia melhora Rede de Abastecimento - Ler mais

  • 20 Junho, 2016

    Mangualde continua a manter viva a conf - Ler mais

  • 20 Junho, 2016

    Infantis de Futsal do Gigantes Sport Ma - Ler mais

  • 20 Junho, 2016

    Concerto da Banda Sinfónica da GNR com - Ler mais

  • 15 Junho, 2016

    Mais de Meia Centena de participantes p - Ler mais

  • 15 Junho, 2016

    Arquivo Municipal de Mangualde abriu as - Ler mais

  • 15 Junho, 2016

    Solar de Almeidinha foi palco de Artes - Ler mais

  • 14 Junho, 2016

    Milhares de Pessoas invadiram Ruas de M - Ler mais

  • 14 Junho, 2016

    Mangualde acolhe 7º Aniversário do Co - Ler mais

  • 13 Junho, 2016

    Empreendedorismo Jovem foi a Concurso e - Ler mais

  • 13 Junho, 2016

    Conselho Municipal de Educação de Man - Ler mais

  • 13 Junho, 2016

    Primeira reunião do Órgão de Gestão - Ler mais