CM Mangualde

Biblioteca Municipal


8b6e33345ac8d5ffd9cf0d107a7d9e9d_SEm 1987 foi assinado o Protocolo entre a Câmara Municipal de Mangualde e o extinto IPLL (Instituto Português do Livro e da Leitura), que daria início ao Projecto da actual Biblioteca Municipal, passando assim a integrar a Rede Nacional de Bibliotecas de Leitura Pública.

A Biblioteca Municipal foi inaugurada em 22 de novembro de 1997 pelo então Ministro da Cultura, Doutor Manuel Maria Carrilho. Disponibilizava ao público, nessa data, cerca de 20.000 documentos em variados suportes (Monografias, Publicações periódicas VHS e CD`s).

Em 1999, a comemoração do seu 2º Aniversário foi assinalada pela doação de cerca de 4400 títulos do Engº Pau – Preto, aos quais posteriormente, nos anos seguintes, se juntaram mais cerca de 3400.

No dia 12 de julho do ano 2000, a Câmara Municipal de Mangualde concretizou o protocolo assinado com o Sr. Valentim Ferrão Oliveira, por proposta da ACAB, Associação Cultural Azurara da Beira, atribuindo à Sala de Leitura de Adultos da Biblioteca Municipal o nome de, Sala de Leitura Valentim da Silva.

Em 2001, no dia 08 de dezembro, a Câmara Municipal desta cidade, numa cerimónia pública, prestou homenagem ao ilustre historiador Alexandre Alves, tornando-o patrono da Biblioteca Municipal, no dia do seu 80º Aniversário. A partir dessa data a Biblioteca Municipal passou a ser designada por Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves.

Era vontade daquele ilustre historiador que o seu espólio pessoal integrasse o fundo documental da Biblioteca da qual era patrono. Assim aconteceu em 2010, depois das devidas diligências com a família. Chegado o dia 8 de dezembro deste ano, a Câmara Municipal preparou uma nova cerimónia de homenagem ao Dr. Alexandre Alves onde agradeceu à família do historiador a doação da sua biblioteca particular, bem como de escritos inéditos da sua autoria que em muito podem beneficiar a investigação e o estudo da história de Mangualde.

Este fundo com aproximadamente 15.000 documentos é composto por monografias, publicações periódicas, manuscritos e material não livro como postais, fotografias, cartões, recortes, folhetos, entre outros. A sua organização, tratamento e informatização está a cargo da Biblioteca Municipal de Mangualde, onde atualmente se encontra.

De acordo com os dados estatísticos disponíveis, até final do ano 2015 a Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves reunia um total de 64.489 documentos (unidades físicas). Este fundo está na sua maioria em livre acesso ao público e disponível para empréstimo domiciliário. Existe contudo uma parte do acervo, como é o caso especifico do fundo Alexandre Alves, que apenas pode ser consultado localmente.

Os espaços da Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves estão divididos e organizados de acordo com as linhas orientadoras do Programa de Leitura Pública. Possui várias áreas específicas, espaços pré- definidos que se destinam ao funcionamento particular e especifico de certos serviços.

Em todos os espaço da Biblioteca Municipal é possível ter acesso à Internet, através da Rede Wireless instalada.

Atualmente a Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves é uma forte valência cultural, suportando grande parte da oferta cultural do Município, quer nas suas instalações, quer através dos seus Recursos Humanos. É uma Biblioteca aberta à comunidade cujo objetivo continua a ser a criação de público leitor, informado e civicamente ativo.

OS ESPAÇOS DA BIBLIOTECA:

Recepção e Átrio: Zona de acolhimento. Local onde se faz a recepção ao leitor e onde se realiza a inscrição para novo leitor. O átrio é amplo, o que o torna bastante apropriado para a realização de diversas exposições.

Bar: Espaço de descontracção. Dispõe de uma máquina de café e outra de alimentos e bebidas, destinadas ao uso autónomo pelo público.

Sala de adultos (Sala de Leitura Valentim da Silva): Esta sala reúne toda a documentação bibliográfica existente sobre o concelho de Mangualde e seus autores, numa estante logo à entrada da sala. Na zona de entrada é possível também ter acesso a várias publicações periódicas desde, jornais diários, semanários, locais, regionais, nacionais e estrangeiros, desportivos, e revistas de divulgação e informação geral. O Diário da República é de consulta online. O acervo documental desta sala abrange as várias áreas do conhecimento. Os documentos encontram-se em livre acesso estando a maioria disponíveis para empréstimo domiciliário. Existem nesta sala computadores para acesso gratuito à Internet. O espaço é confortável, dispondo quer de mesas largas para consultas exigentes e cuidadas ou de sofás e mesas baixas para uma leitura mais descontraída.

Sala infantil: Aqui os mais jovens encontram espaços de leitura informal que lhes permitem descontrair. Podem, confortavelmente, ler um livro, uma revista ou assistir a um filme. Existe ainda o espaço a “hora do Conto”, o “Clube de Leitura”, os “Atelier’s Temáticos”, etc. O fundo bibliográfico é adequado à sua faixa etária. O acesso à internet é possível através dos PC`s disponíveis na sala.

Audiovisuais e Internet: Nesta sala o leitor pode assistir a um filme, ouvir música, ou utilizar um computador para as suas diversas funções. O cinema e a música estão representados nesta sala com cerca de 2.000 títulos em suporte vídeo VHS e DVD’s e 800 títulos em suporte digital (CD), respetivamente. O fundo audiovisual está organizado segundos géneros musicais. Esta sala tem a capacidade de ser um “espaço internet”, com a oferta de 6 PC`s disponíveis para o acesso à internet pelo público.

Auditório: Possui 154 lugares e permite a realização de várias actividades de índole cultural e de promoção do livro e da leitura, tais como, palestras, colóquios, debates, concertos, ciclos de cinema, teatro, dança, e reuniões com interesse para a comunidade. Possui sistema de som e imagem.

Sala Polivalente: Espaço destinado a receber diversas actividades, como exposições temporárias de arte (pintura, escultura, desenho, etc), acções de formação, encontros, debates, workshops, entre outras iniciativas de índole cultural.

Depósito: No depósito estão todas as obras que têm um valor especial, duplicados ou que por outros motivos não podem estar nas estantes de livre acesso. É o caso específico do fundo bibliográfico Dr. Alexandre Alves e dos números mais antigos das publicações periódicas.

Localização:

Biblioteca Dr. Alexandre Alves (Rotunda das Escolas)
Rua José Maria Almeida nº 1
3530 – 091 Mangualde
Telefone: (+351) 232 619 889 / (+351) 232 617 172
Fax: (+351) 232 619 889
E-mail: biblioteca@cmmangualde.pt